Ceará: Campeão da Copa do Nordeste 2015

19Feb

 

Bom dia, Boa tarde, Boa noite! Meu nome é Carlinhos Alves, direto de Fortaleza chegamos a sua casa, com o FutCearaCast. Um podcast que fala de futebol, de história, de notícias dos clubes, de entrevistas e demais curiosidades do futebol cearense.

Hoje vamos contar a campanha emocionante do título da Copa do Nordeste de 2015, conquistado pelo Ceará Sporting Club.copa_do_nordeste.jpg

       Na 15° edição da competição, 20 equipes distribuídas entre os estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Sergipe, Paraíba, Alagoas, Maranhão e Piauí. Além de Bahia e Pernambuco. Com artilharia de Max, pelo América (RN), o melhor ataque foi do Vitória (BA), com 19 gols e a melhor de defesa do Globo  (RN), que sofreu apenas 4 gols.

            Os dois finalistas do Campeonato do Nordeste, a Lampions League, Ceará e Bahia fizeram campanha idênticas na primeira fase, com 3 vitórias e três empates. O time baiano, no Grupo E, estreou no dia 11 de fevereiro, no Estádio Rei Pelé e ficou no empate em 3 x 3, contra o CRB, os gols, que garantiram o bom resultado fora de casa foram de Rômulo e Kieza. Já no dia 19/02, no Estádio Barretão de virada, com dois gols de Maxi Biancunchi (que hoje está no vozão). Na terceira rodada, jogando em casa, a equipe comandada por Sérgio Soares venceu, o Campinense pelo placar magro de 1 x 0 gol de Kieza. Já na estréia dos jogos de volta contra, o Globo jogando em casa, venceu por 1 x 0, gol de Rômulo, o Globo.

            Jogando mais uma vez em casa contra o CRB, na Fonte Nova, o Bahia empatou em 1 x 1 com o CRB, com gol de Kieza. Na rodada final, 1 x 1, fora de casa com o Campinense, gol de Tchô. Nas quartas de finais, o Bahia acabou enfrentando novamente o Campinense, empatou, 0 x 0, o primeiro jogo e venceu de 1 x 0 o segundo jogo. Nas semi-finais, um empate sem gols com o Sport e depois, uma vitória de 3 x 2.

            No Grupo D, o Ceará Sporting Club, estreou contra seu maior rival, o Fortaleza, no Clássico Rei, que ficou em 1 x 1, com gol pelo vozão de Magno Alves, o treinador era Dado Cavalcanti.

 

            No dia 12 de março fora de casa, no Estádio Albertão, em Teresina, contra o River (PI), mais uma vez a equipe alvinegra não passava do empate em 1 x 1, com o gol de novo de Magno Alves.

                        A pressão sobre o alvinegro cresce depois de dois jogos sem vitória. Na terceira partida, no dia 19 de fevereiro, já em casa, no Estádio Presidente Vargas, com Silas Pereira no comando técnico, o Ceará vence por 1 x 0, o Botafogo (PB), do técnico Marcelo Vilar, mais uma vez gol de Magno Alves.

            Na volta da primeira fase, fora de casa, no dia 4 de março, no Estádio Almeidão em João Pessoa (PB), mais um empate, Botafogo (PB) 1 x 1 Ceará. Adivinhem de quem foi o gol? Isso mesmo dele de novo, Magno Alves.

            Na quinta rodada, o Vozão passou sufoco e venceu o River (PI), com gol de Marinho, aos 46 minutos, do segundo tempo, com passe de Magno Alves.

                        No dia 18 de março, na Arena Castelão, para um público de 38.324 pessoas, o Ceará venceu o Clássico Rei, contra o Fortaleza por 2 x 1, com gols de Charles e Robinho para o alvinegro de Porangabussu.

                        Nas quartas de finais, o Vovô, venceu o Salgueiro duas vezes, primeiro 2 x 0, fora de casa, no Estádio Cornélio de Barros, gols de Fernandinho e Ricardinho.

            Na segunda partida, no dia 28 de março, o Ceará venceu por 2 x 1, gols de Magno Alves e William a equipe pernambucana e garantiu vaga para a semi-finais.

                        Nas semi-finais, um antigo rival de outras Copa do Nordestes, Vitoria (BA), dois empates, 0 x 0 em casa, e um dois a dois fora de casa. No dia 14/04, no Barradão, o vozão garantiu a vaga a final com gols de Marinho e Ricardinho. Com narrações espetaculares do Esporte Interativo. .

            No dia 22 de abril, na Arena Fonte Nova, 40 mil pessoas acompanharam, o Ceará vencer o Bahia, por 1 x 0, com gol de Ricardinho. O tricolor da boa terra tinha comandado pelo técnico Sergio Soares tinha jogadores experientes, como Zé Roberto, Léo Gamalho e Souza. 

            O grande dia foi no dia 29/04/2015, eu estava lá com minha esposa. Foi um dia incrível, eu estava na arquibancada inferior, atrás do gol e vi os gols do título do vozão. Charles e Gilvan. As formações que entraram em campo foram pelo Ceará Luis Carlos, Samuel Xavier, Gilvan (Sandro), Charles, Fernandinho, Sandro Manoel, Uilliam Correia, Ricardinho, Wescley (Marcos Aurélio), Assisinho, (Tiago Cametá) e Magno Alves).

            O Bahia era formado pelo Jean, que tomou aquele frango no primeiro jogo, Tony (Tchô), Robson, Titi, Bruno Paulista, Wilson Pittoni (Willians Santana), Souza, Tiago Real, Rômulo (Zé Roberto), Maxi Biancucchi, Kieza   .Vozão 2 x 1, Campeão da Copa do Nordeste 2015, aos olhos 63 mil pessoas presentes na Arena Castelão.

           

           

 

           

 

Narração e edição: Carlinhos Alves, homenagem a Evandro Leitão e André Figueiredo.

           

           

            Fonte:

Tribuna do Ceará: http://tribunadoceara.uol.com.br/esportes/ceara/ceara-fica-no-1-a-1-com-o-river-vovo-permanece-sem-vencer-na-copa-do-nordeste/

Globo Esporte: http://globoesporte.globo.com/jogo/copa-do-nordeste-2015/19-02-2015/ceara-botafogo-pb.html

http://globoesporte.globo.com/pi/futebol/copa-do-nordeste/jogo/10-03-2015/ceara-river-pi/

Site do Vozão: https://cearascpedia.wordpress.com/2015/03/04/04032015-botafogopb-1-x-1-ceara/

https://cearascpedia.wordpress.com/2015/03/19/18032015-fortaleza-1-x-2-ceara/

https://cearascpedia.wordpress.com/2015/03/25/25032015-salgueirope-0-x-2-ceara/

00:0000:00